26 fevereiro, 2010

Dizem que o melhor amigo do homem é o cachorro, tanto que o melhor amigo da mulher é o cartão de crédito. Mas de qualquer maneira, é uma enorme de uma mentira. Se passar para a ponta do lápis, os 2 dão gastos. Claro que voce não pode comparar o gasto entre um Chiuaua e um São Bernardo. A diferença é atronomica. Igual ao uso do cartão de crédito, os limites variam, mas os resultados nunca são satisfatórios quando chega a fatura. Resumindo, como que podem dizer que essas coisas que dão gastos conseguem ser amigos de alguem? Mas mesmo assim, o cachorro e o cartão são os melhores amigos mesmo. Vou explicar.
Quando o homem está triste, bravo, chateado, depressivo, o cachorro está lá ao seu lado, te olhando com aquela cara de "ei, me dá carinho?" , e o homem, querendo ou não, se sente na companhia de alguem que não se importa com o estado que voce esteja e te acompanha em silencio. Claro que se for um poodle o desgraçado vai latir até voce chutar ele pela janela. Agora com a mulher é interessante. Ela estando feliz, triste, melancólica, depressiva, de bem com a vida, o cartão só vai ser amigo até estourar o limite. E o melhor de tudo, em 99% dos casos, não é ela quem vai pagar a fatura depois. É geralmente o pai, namorado ou marido.
Mas sinceramente o melhor amigo do homem mesmo não é o cachorro e sim a cerveja. Voce dá dinheiro por momentos de alegria, usa ela, e quando não tem mais utilidade troca ela por outra. Agora o melhor amigo da mulher, querendo ou não é o cartão de crédito. Se estourar o limite de um cartão, ela arruma outro cartão e continua sua rotina.